Poemas que inspiraram quadros de Lélia Parreira

 

SÉRIE PSIQUÊ

• A CEIFEIRA

• ALMAS PARES

• A MONA JÁ NÃO MAIS TÃO LISA

• AMOR 

• ARANHA SEM TEIA

• AUTOPSICOGRAFIA

 APONTAMENTO

• BICARBONATO DE SODA BICARBONATO DE SODA

• CACOS DE MIM

 CHUVA OBLIQUA

CANSAÇO

CHUVA OBLIQUA II

ESFÍNGE

• EU NÃO SOU EU NEM SOU O OUTRO

• FÓSFOROS RISCADOS

DE LA MUSIQUE

• DESAMPARO

LEVE, BREVE, SUAVE

LISBOA COM SUAS CASAS

MAR PORTUGUÊS

• MEDO

• NÃO SÓ QUERO A LIBERDADE

• NÃO SOU NINGUÉM I

• NÃO SOU NINGUÉM II

O ESSENCIAL É SABER VER

O LUAR

O MENINO DA SUA MÃE

ODE MARÍTIMA

• ODE MARÍTIMA II

• ORPHEU

OUTRA COISA AINDA

PALHAÇOS EXTRANGEIROS

• PARTIDA

 POBRE VELHA MÚSICA

SEGUE O TEU DESTINO

• SOU  NADA... SOU UMA FICÇÃO

TENHO TANTO SENTIMENTO

 TUDO SE ME EVAPORA

• ULTIMATUM FUTURISTA